É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Estrias: como evitar?

estrias

Estrias nas nádegas e coxas

Surgimento mais frequente na adolescência e gravidez

O surgimento das estrias depende de uma tendência pessoal. Elas surgem em algumas pessoas mesmo com pouca distensão da pele, sendo que outras não as desenvolvem nem na gravidez, quando a distensão da pele do abdômen é muito grande.

Nas meninas, na fase da puberdade, alguns cuidados são muito importantes para se tentar evitar o seu surgimento, pois é nessa época que elas costumam aparecer nas nádegas, coxas e mamas.

Nos rapazes, a fase do “estirão” promove um crescimento muito grande e em tempo curto, podendo provocar o surgimento estrias horizontais no dorso do tronco.

Outra situação onde é comum o surgimento das estrias é a gravidez, quando o abdomen se distende muito

Logo que as estrias surgem, elas costumam ser avermelhadas ou arroxeadas, e podem ser acompanhadas de sintomas como coceira leve. Esta é a fase ideal para se começar um tratamento. Passado algum tempo, que pode variar de meses a anos, elas vão perdendo a cor e ficando esbranquiçadas. Estrias antigas costumam ser mais dificeis de tratar.

estrias

Estrias no dorso do tronco

Como evitar as estrias

Para tentar evitá-las, recomenda-se a hidratação intensa da pele com cremes e loções hidratantes apropriados, principalmente em pessoas com histórico familiar de estrias.

Deve-se beber pelo menos 8 copos grandes de água por dia (cerca de 2 litros) e evitar engordar demais e rapidamente, eliminando doces e gorduras da dieta e praticando exercícios físicos regularmente.

Vale ressaltar que mesmo tomando-se todos estes cuidados, pode não ser possível evitar o surgimento das lesões.

Neste caso, é importante iniciar o tratamento o mais cedo possível. Conheça os tratamentos para estrias e saiba o que esperar deles.

 

Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação