É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

rea Mdica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Criolipólise para gordura localizada

A criolipólise (destruição das células de gordura pelo frio) é um tratamento estético cuja finalidade é a mesma de muitos tratamentos corporais: eliminar a gordura localizada que tanto incomoda às mulheres, e também a alguns homens, e cuja remoção sempre se mostrou um desafio.

A diferença da criolipólise em relação aos outros tratamentos com a mesma finalidade é que ela usa a aplicação do frio como arma de ataque à estes acúmulos de gordura.

Sendo uma técnica que visa a eliminação de gordura localizada, a criolipólise oferece um amplo leque de possibilidades na hora de escolher a zona que será tratada, podendo ser usada nos culotes, abdomen ou glúteos, zonas onde comumente se encontra um acúmulo de gordura.

Como funciona a criolipólise

A técnica se baseia em estudos nos quais foi comprovado que as células de gordura (adipócitos) são mais vulneráveis ao frio que outros tecidos ao seu redor. Desta forma, o tratamento pode eliminar a gordura sem danificar a derme e a epiderme que estão próximas a ela.

Estes estudos mostraram que os adipócitos se congelam a uma temperatura mais alta que os outros tecidos. Sendo assim, o frio será aplicado baseando-se na temperatura e tempo necessários para que o tecido adiposo seja afetado e o resto dos tecidos se mantenha intacto, o que vai variar de acordo com a região tratada e a quantidade de gordura localizada que se quer tratar.

Os parâmetros a serem utilizados para se obter a criolipólise devem ser determinados pelo médico responsável e as temperaturas podem oscilar entre os 5 e os -12º, dependendo do paciente tratado e volume de gordura. O tratamento é feito em sessões até que se obtenha os resultados esperados e o intervalo recomendado entre as sessões é de 30 dias.

A técnica

criolipóliseO aparelho produz um vácuo que comprime a área a ser tratada e o tecido gorduroso vai sendo resfriado lentamente pelo equipamento durante aproximadamente 1 hora, quando terá ocorrido um resfriamento importante da gordura localizada. Dependendo das áreas tratadas, o paciente fica de 2 a 3 horas no consultório para realizar o procedimento.

O tratamento provoca um edema (inchaço) importante, aumentando o volume da pele, que se torna avermelhada. O processo provoca a morte das células gordurosas que são eliminadas de forma gradual, durante um período de 2 a 6 semanas.

Vantagens e desvantagens da criolipólise

A criolipólise vem ganhando destaque na mídia devido a ser um tratamento não invasivo que aparece como uma alternativa à lipoaspiração, sem os riscos inerentes a esta última e que parece oferecer resultados mais rápidos que outros tratamentos não invasivos, como a cavitação ou a radiofrequência, em 3 ou 4 sessões.

No entanto, vale ressaltar que como todo procedimento, a criolipólise não é isenta de riscos. Vermelhidão, manchas roxas e dormência na pele são efeitos colaterais que podem ocorrer mas que tendem a desaparecer espontaneamente.

Sua principal desvantagem é que, por ser um tratamento que exige maquinário de alto custo e que está disponível apenas em poucos locais, as sessões ainda tem preço elevado, o que impede o acesso à técnica a um grande número de pessoas.

 

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação