É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Dermatofitose, tinea corporis, impingem

O que é?

A dermatofitose, também chamada de tinea corporis e popularmente conhecida como impingem, é uma micose superficial da pele provocada por alguns tipos de fungos que se alimentam da queratina, proteína presente na camada mais externa da pele, a epiderme, denominados dermatófitos.

A doença pode ser adquirida através do solo, do contato com animais como o cão e o gato e de outras pessoas contaminadas.



Manifestações clínicas da dermatofitose

A doença se manifesta pela formação de lesões avermelhadas e descamativas, geralmente acompanhadas de coceira. Elas se iniciam por um pequeno ponto e tem crescimento centrífugo, formando lesões arredondadas ou ovalares, com as bordas bem delimitadas, avermelhadas e descamativas, e o centro da lesão tendendo à cura.

dermatofitose

Lesões anulares com centro tendendo à cura

As lesões podem ser únicas ou múltiplas e confluirem, formando grandes placas avermelhadas e descamativas, que se extendem progressivamente. Pode haver a presença de pústulas (pequeninas bolhas de pus).

dermatofitose

Dermatofitose do corpo: placa de crescimento progressivo

Tratamento

Para evitar a dermatofitose, recomenda-se o uso de luvas para mexer com terra. Se possuir cães e/ou gatos, verifique se possuem falhas nos pelos e leve-os ao veterinário com regularidade.

O tratamento da dermatofitose pode ser feito com medicamentos antimicóticos de uso tópico ou via oral, o que vai depender da extensão da doença.



É importante manter o tratamento pelo tempo determinado pelo médico. A interrupção do uso após a melhora inicial dos sintomas pode impedir a eliminação completa do fungo, favorecendo o retorno da doença. A pele precisa se renovar completamente sob o efeito do medicamento para se obter a cura.

Procure um dermatologista aos primeiros sintomas sem usar nenhuma medicação por conta própria, pois elas podem mascarar o aspecto da doença, dificultando o diagnóstico correto e a indicação do medicamento mais apropriado para cada caso.

Outras imagens

Veja mais imagens de dermatofitose.

 

Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista

 

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação