É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Nevo acrômico

O que é?

O nevo acrômico é um sinal de nascença caracterizado por uma mancha de cor mais clara que a da pele normal.

A causa é uma alteração dos melanócitos (células que produzem a melanina, pigmento que dá cor à pele) que tem a sua capacidade de pigmentar a pele diminuída, o que pode ser devido a um número menor de melanócitos, à uma menor produção de melanina ou à incapacidade de transferir o pigmento para as células da pele.

O nevo acrômico é notado ao nascimento ou na primeira infância mas pode passar despercebido por alguns anos em crianças de pele muito clara. Não evolui ao longo do tempo nem espalha para outros locais. É mais comum no tronco, mas pode aparecer em qualquer parte do corpo.

Manifestações clínicas do nevo acrômico

Apesar de ser chamado de nevo acrômico, não existe acromia (ausência de pigmento) e sim hipocromia (diminuição do pigmento), formando manchas de coloração mais clara do que a pele normal.

O formato e o tamanho variam mas, usualmente, a mancha tem vários centímetros de tamanho com um contorno irregular mas bem definido. Pequenas manchas ao redor da mancha maior podem estar presentes. Não há alteração de textura ou qualquer outro sintoma relacionado.

nevo acrômico

Nevo acrômico na região do pescoço e ombro

Quando o nevo é formado por pequenas manchas agrupadas (foto acima), elas são comumente confundidas com uma micose superficial da pele, a pitiríase versicolor, conhecida popularmente como “micose de praia ou pano branco”.

Tratamento

A lesão é benigna e o seu tratamento geralmente não é necessário, a não ser nos casos em que o prejuízo estético incomode o paciente. Nesses casos, o uso de camuflagens cosméticas pode ser útil para disfarçar a mancha.

 

Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação