É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Siga-nos:
Publicidade

Menu

Varicela ou catapora

O que é?

A varicela, conhecida popularmente como catapora, é uma doença comum na infância, provocada pelo vírus da varicela-zoster ou herpesvírus humano tipo 3.

Doença altamente contagiosa, mas geralmente benigna, é transmitida por via aérea através de aerosóis eliminados pela fala, espirro ou tosse, mas também pode ser transmitida pelo contato com as lesões da pele, especialmente o líquido das bolhas rompidas.

O período entre o contágio e o surgimento dos primeiros sintomas pode variar de 4 a 15 dias. A transmissão ocorre entre 1 a 2 dias antes do aparecimento das lesões de pele e até quando todas as lesões estiverem na fase de crostas. Deve-se afastar a criança da creche ou escola a partir do início do aparecimento das manchas vermelhas no corpo até esta fase.

Afeta principalmente crianças e adolescentes, mas também pode atingir adultos, especialmente quando há algum tipo de imunodeficiência.

A varicela gera imunidade que persiste por toda a vida, o que evita a sua recorrência. Apesar disso, o vírus se instala de forma latente no organismo, em gânglios nervosos próximos à coluna vertebral, e pode se reativar após muitos anos, dando origem ao Herpes zoster, conhecido como “cobreiro”.

Manifestações clínicas da varicela

Após o período de incubação, a varicela se inicia com mal-estar geral, febre baixa e cansaço. Pode ocorrer dor de cabeça e perda do apetite. Surgem, então, pequenas manchas avermelhadas que evoluem para a formação de vesículas (pequenas bolhas). Estas acabam se rompendo ou ressecam, e dão origem a crostas escuras. O quadro se acompanha de coceira, que pode ser intensa e o ato de coçar pode levar à infecção bacteriana das lesões, que se tornam purulentas.

As lesões se iniciam pela face, couro cabeludo e principalmente o tronco, que é o local mais atingido, com menor número nos membros. Surgem em surtos e é característica a presença de lesões em vários estágios evolutivos ao mesmo tempo (manchas vermelhas, vesículas íntegras, vesículas rompidas e crostas).

Em alguns casos mais raros, a varicela se manifesta de forma muito intensa, com lesões em grande quantidade e até nas mucosas.

varicela

Lesões de varicela em adulto

A varicela é auto-resolutiva e as lesões evoluem espontaneamente para a cura, com a eliminação das crostas, mas podem deixar cicatrizes deprimidas na pele.

Complicações são raras e costumam afetar mais os adultos, principalmente os imunocomprometidos. Entre as mais comuns estão a encefalite, pneumonia e hepatite.

Tratamento

O tratamento é aquele recomendado para as viroses comuns da infância: repouso, ingestão de líquidos e boa alimentação. Para a febre, podem ser usados dipirona e paracetamol. Não deve-se utilizar medicamentos com ácido acetil salicílico para evitar uma possível complicação grave: a síndrome de Reye, que provoca dano hepático e cerebral.

Para alívio da coceira, pode-se usar antihistamínicos. Deve ser feita a limpeza das lesões e, em caso de infecção secundária, medicação antibiótica de uso local ou via oral deve ser instituída.

Nos casos de doença grave, ou quando adolescentes e adultos forem afetados, medicação antiviral pode ser indicada pelo médico pediatra ou dermatologista. Em casos especiais, a imunoglobulina humana antivaricela-zoster pode ser usada.

Já existem vacinas para a prevenção da Varicela, que chegam a proteger até 97% das crianças vacinadas.

Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista

Compartilhe!

Câncer de Pele

Saiba o que é e aprenda a se prevenir

O câncer da pele é um tumor formado por células da pele que sofreram uma transformação e multiplicam-se de...

Saiba mais

Fale com o Doutor

Encontre um Dermatologista

Utilize o nosso sistema de busca para encontrar o dermatologista na localidade ideal para você!

Ir à Busca
Publicidade
Desenvolvido por Visana Comunicação