É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Epilação com laser em crianças é segura?

Crianças com pelos em excesso podem apresentar consequências psicológicas graves. A remoção capilar por laser em adultos é conhecida como segura e bem tolerada, porém, a segurança e tolerância da epilação com laser em crianças não estão bem estabelecidas.

Estudo investigou segurança

Diante disso, foi realizado um estudo para descrever a experiência com remoção de pelos com laser em crianças e investigar a segurança e a tolerância desse procedimento em menores de 16 anos.

Foram analisados os relatos de caso de 24 crianças que receberam, no mínimo, 3 tratamentos para remoção de pelos.

Para pacientes com fototipos cutâneos de II a IV, o laser utilizado foi o de alexandrita de pulso longo. Para crianças com fototipos de pele entre IV e VI, o laser utilizado foi o Nd:YAG de pulso longo.

A idade média no primeiro tratamento foi de 12,3 anos. Os diagnósticos eram de hirsutismo constitucional (14 pacientes), síndrome do ovário policístico (5), nevo melanocítico congênito (2), hipertricose generalizada (1) e hipertricose nevóide (1).

Em um paciente foi necessário anestesia geral, em oito foi utilizado um creme anestésico de uso tópico e, em 15 pacientes não foi preciso qualquer forma de anestesia.

Efeitos colaterais e conclusão

Desconforto intolerável requerendo ajuste na potência do laser (fluência) foi o único efeito colateral registrado em dois casos. Não houve incidência de formação de bolhas, infecção, despigmentação ou formação de cicatrizes.

Diante destes resultados, os autores do estudo concluíram que, quando administrada apropriadamente, a remoção de pelos por laser é segura e bem tolerada em crianças com idade menor que 16 anos.

Fonte: MedNews nº 128

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação