É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Laser não ablativo (Cooltouch)

Mais um tipo de laser está sendo usado para o tratamento da pele fotoenvelhecida e cicatrizes de acne. É o chamado laser não ablativo, cujo nome comercial é Cooltouch. A sua ação é diferente da do laser de CO2, utilizado para o ressurfacing, pois sua energia é dirigida para a derme, segunda camada da pele, sem afetar a epiderme, camada mais superficial.

O laser não ablativo funciona provocando uma coagulação seletiva do colágeno, que atinge temperaturas ao redor de 42 graus. Um spray gelado é acionado quase simultaneamente ao tiro de laser, resfriando a epiderme e evitando queimaduras na sua superfície.

Por não atingir a epiderme, quem se submete ao tratamento não precisa se afastar de suas atividades diárias, pois nenhum efeito é perceptível após o mesmo, podendo ocorrer apenas discreta vermelhidão durante algumas horas. Em compensação, os resultados também não são perceptíveis a curto prazo, sendo necessárias várias sessões para que sejam notadas melhoras nas rugas ou cicatrizes.

Cooltouch é melhor para rugas e cicatrizes de acne

O laser não ablativo não é uma boa indicação para peles com alterações de superfície, como asperezas ou ceratoses actínicas, ou com manchas solares. A melhor indicação é para o tratamento de rugas e cicatrizes de acne, alterações que podem melhorar com a reorganização do colágeno da derme, estimulada pelo tratamento.

Quando se fala em tratamentos com laser, geralmente espera-se resultados rápidos e bem perceptíveis. No entanto, ao contrário do que ocorre com o laser de CO2, não se deve esperar resultados muito impressionantes com o laser não ablativo, ou as expectativas poderão ser frustradas. A melhora é comparável à conseguida com os peelings químicos.

A vantagem é que não ocorre a descamação da pele, podendo ser feito sem que ninguém perceba. A desvantagem é o custo, que é bem mais elevado no caso do laser.

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação