É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Microagulhamento

microagulhamento

Microagulhas para tratar a pele

Em épocas em que a busca por tecnologias de ponta com luzes, na visão da mídia, parece não deixar espaço para nenhum outro tratamento, falar das possibilidades do microagulhamento deve atrair pouca atenção.

Pois a boa nova é que o tratamento com agulhas é uma tendência mundial. Inúmeras publicações e debates em congressos dermatológicos de grande respeitabilidade científica em todo mundo trazem para discussão o uso de rolos de agulhas no tratamento do envelhecimento da pele, na correção das cicatrizes, estrias e em outras indicações.

Difundidos inicialmente na Ásia e nos EUA, os dispositivos descartáveis são rolos encravados por uma media de 190 agulhas muito finas, inoxidáveis, estéreis, posicionadas de forma simétrica em fileiras, com a possibilidade de vários comprimentos, o que permite uma ampliação do leque de possibilidades de uso.

microagulhamento

Microagulhamento deve ser realizado por médicos

O tratamento deve ser realizado exclusivamente por médicos habilitados, nunca por profissionais não médicos, e nunca pelo paciente em casa pelo risco de complicações muito sérias como desenvolvimento de cicatrizes, escurecimento da pele e infecções.

A técnica exige o uso de creme de anestésico ou a utilização de anestesia local para minimizar qualquer desconforto, a depender do comprimento de agulha utilizada e experiência do profissional. Deve ser sempre realizada em um consultório médico, precedida de toda antissepsia necessária e cuidados de biossegurança esperados em qualquer procedimento cirúrgico.

Subestimar esses cuidados com o paciente é aumentar o risco de complicações que comumente são raras quando o procedimento é realizado por um profissional bem treinado e em um ambiente adequado.

O pós-procedimento é tranquilo, havendo necessidade de curativo nos casos em que aprofundamos a intervenção, porém a recuperação é muito rápida, bem como o retorno do paciente às atividades laborativas, que acontece no máximo em 5 dias.

Resultados

O microagulhamento quando bem indicado e quando adequadamente realizado pode trazer resultados surpreendentes em cicatrizes de acne e catapora, cicatrizes pós-cesariana e pós-acidentes, cicatrizes pós-cirurgias corretivas e pós-queimaduras, em estrias, em rugas finas e profundas, na flacidez do rosto e envelhecimento do colo, melhorando a textura, coloração e aspecto da pele tratada de forma muito natural.

Os resultados obtidos por profissionais experientes em muitos casos podem ser superiores aos obtidos em tratamentos convencionais, ou em tratamentos a laser, o que vem estimulando muitos pacientes a procurarem essa técnica.

Colaboração: Dr. Emerson de Andrade Lima – Dermatologista

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação