É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Retirada de lesão com enxerto de pele

A retirada de uma lesão com reconstrução da ferida cirúrgica com enxerto de pele é utilizada quando não é possível a retirada de uma lesão por excisão e sutura simples ou a reconstrução da ferida com rotação de retalho de pele adjacente. Nestes casos, utiliza-se a pele de uma área distante da lesão para cobrir a ferida cirúrgica.

Após anestesia local, remove-se a lesão com bisturi. Uma área de pele sadia, distante da lesão é retirada para cobrir a ferida. Fecha-se esta área com sutura simples. Coloca-se, então, a pele sadia sobre a ferida e procede-se a sutura com pontos externos. Há a necessidade de um curativo compressivo, que aperta a pele sobre o local onde foi colocada para garantir a sua aderência ao tecido sob ela. Os pontos são retirados em 10 a 15 dias.

O inconveniente desta técnica é que a pele utilizada para cobrir a lesão pode não ter o mesmo aspecto que a pele onde será colocada, com resultado estético insatisfatório.

 

Colaboração: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista

E compartilhe!
Desenvolvido por Visana Comunicação