Infecção pelo HPV (papilomavírus humano)

O HPV pode causar tanto a verruga vulgar como as verrugas genitais ( também chamadas de condiloma acuminado, ou crista de galo). Quando ocorrem em pacientes infectados pelo HIV as lesões podem ser maiores, mais numerosas, resistentes ao tratamento, ou altamente recidivantes (que retornam após o tratamento).

Verrugas vulgares

O problema maior é que alguns sub-tipos de HPV são considerados oncogênicos (que podem causar câncer), estão ligados ao câncer de colo de útero, do pênis, e do canal anal, e a imunodeficiência provocada pela AIDS pode acelerar a transformação de uma célula displásica infectada pelo HPV em uma célula cancerígena. Estes tumores apresentam um comportamento mais maligno em pacientes com AIDS do que em pessoas imunocompetentes.

Após o início da terapia combinada potente, o famoso "coquetel", houve um aumento da incidência de lesões causadas pelo HPV, principalmente em forma de placas esbranquiçadas na boca e lábios, verrugas planas na face, no pescoço e no tórax, e condilomas na região peri-anal. É sempre bom lembrar que o HPV pode ser tansmitido através de relação sexual.

Tratamento

O tratamento pode ser feito com aplicações semanais ou quinzenais de soluções de podofilina, uso tópico de cremes contento 5-fluorouracil, principalmente para as lesões de condiloma acuminado, ou soluções contendo ácido salicílico + ácido lático para as verrugas vulgares. Cirurgicamente, podemos realizar a eletrocoagulação ou a criocirurgia das lesões.

Outras manifestações dermatológicas da AIDS

Mais artigos sobre AIDS

Colaboração: Dr. Marcio Serra - Dermatologista