É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Psoríase: combinar 2 remedios é mais eficaz

Psoríase é uma doença crônica da pele que afeta um grande número de pessoas em todo o mundo. É caracterizada pela formação de placas avermelhadas e recobertas por descamação seca e esbranquiçada.

Apesar de qualquer parte do corpo poder ser afetada, atinge principalmente os joelhos, cotovelos e couro cabeludo. Em casos graves, a psoríase pode chegar a comprometer toda a pele.

A psoríase pode se manifestar de formas diferentes em cada paciente . A forma mais comum é a psoríase em placas (foto abaixo) para a qual o uso de medicações de uso tópico (cremes, pomadas, loções e géis) pode ser indicado.

psoríase

Placas avermelhadas e descamativas

Existem vários medicamentos de uso tópico que são empregados para o tratamento da psoríase e, como se trata de uma doença de longa duração, é importante saber quais medicamentos atuam melhor provocando menos efeitos colaterais.

Associação de produtos: maior eficácia contra a psoríase

Com esta finalidade, foi realizada uma revisão de 131 estudos sobre o assunto que revelou que duas das substâncias comumente utilizadas para tratar a psoríase em placas funcionam melhor quando são associadas do que separadamente.

De acordo com estes estudos, a associação de produtos derivados da vitamina D com corticosteróides de alta potência, ambos de uso tópico, se mostrou o tratamento mais efetivo entre os tratamentos de uso local.

A notícia interessa àquelas pessoas que sofrem de psoríase em placa leve, ou seja, com poucas lesões, já que, para pessoas com numerosas placas, como na foto abaixo, fica difícil fazer a aplicação local da medicação sobre cada placa.

psoríase em placas

Psoríase em placas

Tratamento deve ser definido por dermatologista caso a caso

No entanto, a resposta aos tratamentos para psoríase é individual e o que funciona melhor para algumas pessoas pode não funcionar bem para outras. O importante é saber que a doença tem tratamento e pode ser controlada se tratada adequadamente.

Vale ressaltar que mesmo os medicamentos de uso tópico podem provocar efeitos colaterais e, como são poucos os estudos de longa duração sobre os efeitos de tratamentos de uso local para a psoríase, eles devem ser usados com critério.

O tratamento deve sempre ser definido e acompanhado por um médico dermatologista, que poderá indicar o produto mais adequado para cada paciente e orientar corretamente o modo de usar para que se obtenha o melhor resultado com menos efeitos adversos.

Saiba mais sobre a psoríase (o que é, como se manifesta, tratamento).

E compartilhe!

Desenvolvido por Visana Comunicação