Dermatologia OnlineDermatologia Online

Saúde e Beleza da pele
Publicidade
Siga-nos no Twitter Facebook
Enviar
Artigos Especiais

Terapia fotodinâmica

Esta terapia está ocupando um espaço cada vez mais ativo na dermatologia. Hoje, além do tratamento de vários tipos de tumores da pele, onde ela já era utilizada, a terapia fotodinâmica ampliou sua área de atuação para o controle de doenças como a acne e também numa melhora importante no rejuvenescimento cutâneo.

A luz como forma de tratamento

É aplicado um produto na pele - o ácido 5-aminolevulínico (ALA) - que penetra e se instala nos tecidos tumorais, nos folículos pilosos e nas glândulas sebáceas. O ALA é uma substância fotosensibilisante, ou seja, ao se impregnar no tecido, ele capta a irradiação de uma luz concentrada e direcionada para a área a ser tratada, que vai provocar a destruição do tecido desta área. O tratamento é feito por aparelhos especiais para a emissão de luz, como a luz azul, o laser e a luz intensa pulsada.

De acordo com os diferentes locais de penetração do ALA, podemos realizar vários tipos de tratamento:

- Tumores cutâneos: é a utilização mais antiga da técnica. O tratamento elimina em apenas 1 aplicação de 80 a 100 % das ceratoses actínicas, e dos carcinomas espino e basocelulares superficiais.

- Acne: devido a sua atuação nas glândulas sebáceas e na bactéria responsável pela inflamação (propioniumbacterium acnes), esta terapia consegue diminuir em 60 % a acne inflamatória, num período de 1 mês, após 2 a 4 sessões semanais, sem utilização de nenhum medicamento convencional para o controle desta doença e sem efeitos colaterais.

- Rejuvenescimento: a terapia fotodinâmica diminui sensivelmente as ceratoses, as sardas e os pequenos vasos sanguíneos dilatados na pele (telangiectasias). É feita a aplicação do ALA pelo menos 2 horas antes da aplicação da luz ou do laser. O aparelho mais utilizado é a luz intensa pulsada (Quantum). Ocorre vermelhidão na área, com posterior formação de crostas, que irão se desprender no período de 3 a 4 dias, junto com uma descamação importante da pele. Cada sessão deve ser feita com intervalo de 1 mês e o tratamento equivale a 3 sessões da luz intensa pulsada sem ALA. A melhora da aparência começa a aparecer a partir da segunda sessão.

A terapia fotodinâmica é mais uma técnica no arsenal de tratamentos que usam aparelhos para o controle das diversas doenças da pele, diminuindo a necessidade do uso de medicamentos e o índice de efeitos colaterais e, ao mesmo tempo, visando a facilitar a vida dos indivíduos.

Mais Artigos Especiais


Encontre um dermatologista



 

fale com o doutor
area medica

Publicidade

Receba a nossa Newsletter!

Enviar
Publicidade
 
Publicidade

Todos os direitos reservados © Dermatologia.net 1996-2013
É proibida a reprodução de fotos e textos sem a nossa autorização expressa.