É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Realização: Barbosa Lima Dermatologia

Menu

Pesquisar

Balanite e balanopostite

O que é?

A balanite é uma inflamação da mucosa da glande (cabeça do pênis). Quando a inflamação afeta também a face interna da pele que a envolve, o prepúcio, recebe o nome de balanopostite.

Pode ser provocada por causas específicas como alergias, infecção bacteriana, candidíase, psoríase invertida, síndrome de Reiter, líquen escleroso, líquen plano, balanite de células plasmáticas, eritema fixo por drogas, sífilis, escabiose…

Continua logo abaixo!

Continuando…

Sinais característicos das doenças em outros locais do corpo ou exames específicos podem ajudar a definir a causa.

Quando as causas não são definidas, a balanite é chamada de inespecífica. Em geral, aparece como uma inflamação decorrente da proliferação bacteriana ou fúngica (Candida albicans) no local, microorganismos normalmente encontrados em pequeno número na pele normal. É uma forma de intertrigo.

Fatores predisponentes para o surgimento da balanite inespecífica incluem:

  • Umidade, que favorece a proliferação dos microorganismos entre a glande e a pele que a recobre. A balanite inespecífica atinge praticamente apenas homens que não foram circuncisados.
  • Falta de higiene, lavagem excessiva com sabonetes irritantes e/ou não enxugar a região após o banho
  • Diabetes mellitus, que favorece o crescimento de Candida albicans
  • Parceira sexual com candidíase vaginal ativa
  • Irritantes químicos, como géis lubrificantes e medicamentos
  • Traumas de repetição, como fricção durante o ato sexual
  • Obesidade

Manifestações clínicas da balanite e balanopostite

Os sinais e sintomas da balanite variam de acordo com cada caso e podem incluir:

  • Erupção vermelha ou rósea na glande que pode ser lisa, pontilhada ou em placas e ser acompanhada de descamação;
  • Vermelhidão e inchaço da glande;
  • Presença de secreção transparente ou esbranquiçada;
  • Coceira, desconforto, ardência e dor;
  • Edema do prepúcio, podendo dificultar a exposição da glande.
balanite
Balanite (inflamação da glande)

Não acabou… Continua logo abaixo!



Continuando…

Uma complicação da balanite é a aderência da pele do prepúcio à glande, impedindo a retração da pele e a exposição da cabeça do pênis.

Além disso, inflamações de repetição e/ou crônicas, ao longo de muitos anos, podem predispor ao surgimento de lesões malignas na glande.

Tratamento

Para evitar a balanite, deve-se procurar manter a glande e o prepúcio limpos e secos, o que ajuda a prevenir infecções e suas complicações.

A lavagem deve ser diária puxando o prepúcio em direção ao corpo para expor a glande e a parte interna da pele que a cobre. Deve-se usar sabonetes suaves e enxaguar bem para não deixar resíduos.

Após a lavagem, toda a área deve ser bem seca. Se possível, deve-se procurar deixar a glande exposta, evitando cobri-la novamente com o prepúcio.

Usar sempre papel higiênico para enxugar o pênis após urinar também é importante para evitar a inflamação.

Entre os medicamentos utilizados para o tratamento da balanite estão cremes contendo antifúngicos, antibióticos, corticosteróides de baixa potência e produtos que visem a formar uma película protetora sobre a pele.

Em alguns casos, pode ser necessário o uso de medicamentos também por via oral. A indicação da medicação adequada vai depender de cada caso e deve ser definida pelo médico dermatologista.

Não acabou… Continua logo abaixo!

Continuando…

Quando a balanite resiste ao tratamento persistindo sempre no mesmo local da glande, uma biópsia pode ser feita para determinar se existe alguma outra doença que seja responsável pelos sintomas.

Nos pacientes em que a balanite inespecífica ocorre de forma repetida e refratária aos tratamentos, manter o prepúcio puxado e a glande exposta evita a recidiva do quadro. Se houver excesso de pele, impossibilitando manter a cabeça do pênis descoberta, a circuncisão pode ser a solução para o problema.

.

Publicado por: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista Titular da SBD
Site: www.barbosalima.com.br
Instagram: @dr.robertobarbosalima

.

Dr. Roberto Barbosa Lima

Coordenador do Dermatologia.net

Especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Saiba mais

O câncer de pele é curável

Procure o Dermatologista

Surgiu um sinal novo? Não perca tempo! O câncer de pele, quando tratado precocemente, pode ser curado.

Saiba mais

Desenvolvido por Visana Comunicação