É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Direção: Barbosa Lima Dermatologia

Menu

Pesquisar

Eritema anular centrífugo

O que é?

O eritema anular centrífugo é uma doença caracterizada pelo aparecimento na pele de lesões anulares de crescimento centrífugo e de longa duração.

A causa da doença é desconhecida. Na maioria dos pacientes não se encontra relação com nenhum agente desencadeante ainda que existam relatos de associação com infecções, tumores, alterações sanguíneas ou uso de medicamentos.

Continue a ler após a publicidade…



Manifestações clínicas do eritema anular centrífugo

O eritema anular centrífugo se manifesta pela formação de lesões anulares (em formato de anel) completas ou incompletas, em número variável, que se iniciam por um pequeno ponto elevado cujo centro logo começa a clarear formando um anel de borda avermelhada e, algumas vezes, levemente elevada, que se expande centrifugamente. Pode haver fina descamação no interior da borda ativa.

eritema anular centrífugo
Lesões formando arcos incompletos

As lesões podem atingir grande tamanho, chegando a 10cm de diâmetro e se localizam preferencialmente no tronco e nas raízes dos membros. Em geral, são assintomáticas mas alguns pacientes referem coceira discreta.

Tratamento

Não existe um tratamento específico para eliminar a doença. Quando se descobre um fator desencadeante associado, a sua correção pode levar ao desaparecimento do quadro.

Os corticosteróides tópicos podem ser úteis para o desaparecimento das lesões, assim como nos pacientes em que haja coceira e o seu uso deve ser indicado pelo dermatologista de acordo com cada caso.

.

Publicado por: Dr. Roberto Barbosa LimaDermatologista Titular da SBD
Instagram: @dr.robertobarbosalima

.

Gostou? Compartilhe!

Dr. Roberto Barbosa Lima

Coordenador do Dermatologia.net

Especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Saiba mais

O câncer de pele é curável

Procure o Dermatologista

Surgiu um sinal novo? Não perca tempo! O câncer de pele, quando tratado precocemente, pode ser curado.

Saiba mais

Desenvolvido por Visana Comunicação