É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Clínica Barbosa Lima
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Receitas caseiras funcionam ou não?

De geração em geração, uma lista de receitas caseiras para curar problemas de saúde é retransmitida. Algumas chegam a ser inusitadas, como dormir com maionese no couro cabeludo para sufocar os piolhos.

Mas será que estes truques eternizados pelo conhecimento tradicional funcionam de fato? Alguns sim e outros não, segundo especialistas ouvidos pela Folha de São Paulo para comentar práticas de cura caseiras publicadas em livros de medicina natural e de soluções para o dia-a-dia. Confira, abaixo, alguns destes truques, relacionados com problemas dermatológicos.

Calos: passar pedras e lixas diariamente

Quem tem pele espessa pode lixar os pés uma vez por semana, mas usar a lixa diariamente não é recomendado em nenhum caso, porque tira a defesa da pele. Ao ter a pele lixada, o organismo funciona como se estivesse faltando algo naquela região e estimula ainda mais essa pele a se tornar espessa. A hidratação diária dos pés com cremes apropriados é um método mais eficiente e seguro.

Nota: como os calos são uma resposta da pele a um trauma de repetição, eliminar este trauma é fundamental para o tratamento das calosidades.

Queimadura: aplicar babosa fresca

O ingrediente ativo da babosa é a aloe vera, que tem uma ação antiinflamatória e calmante. Porém, caso a planta seja aplicada diretamente na pele, pode causar irritação, já que, durante o corte, a seiva da babosa pode entrar em contato com substâncias contaminantes. Além disso, a pele da região queimada é muito frágil e pode grudar no que for colocado sobre ela.

Nota: veja como proceder em caso de queimaduras.

Pele seca: banho de leite

O leite puro não tem contra-indicação nenhuma, porém, sua formulação não é adequada para a hidratação corporal. Uma opção é utilizar leite com óleo de semente de uva, pois a proteína e a gordura do leite associadas à ação emoliente do óleo de semente de uva deixam a pele mais macia.

Nota: veja os cuidados com a pele seca.

Piolhos: dormir com maionese na cabeça (sob uma touca)

Segundo os especialistas, a maionese pode atuar de duas maneiras: sufocando os piolhos e facilitando a remoção posterior com pente fino. Não há riscos relacionados a toxicidade, pois a maionese é feita apenas com gema de ovo, óleo e, às vezes, limão. Mas o tratamento não pode ser considerado totalmente efetivo e não existe nenhuma comprovação científica desse método.

Chulé: aplicar o mesmo desodorante das axilas

Não existe nenhum problema em aplicar um desodorante spray nos pés. Porém, antes de aplicar, é preciso investigar se o mau cheiro não está sendo causado por uma infecção por fungo (micose). Nesse caso, a micose pode demandar tratamento específico antifúngico. Não sendo um caso de micose, o desodorante pode ser útil para prevenir odores indesejáveis.

Lábios rachados: aplicar vaselina

A medida é simples e realmente funciona. A vaselina é um hidratante eficiente, mantém a umidade da pele e não deixa os lábios ressecarem. Para a boca, o melhor é optar por vaselina sólida ou no formato de lápis.

Fonte: Folha de São Paulo – SP

Veja também a nossa seção sobre Verdades e Mitos.

E compartilhe!

Desenvolvido por Visana Comunicação