É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Área Médica
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

Síndrome metabólica e lipoaspiração

Recentemente, publicações leigas abordaram o tema Síndrome Metabólica. Como médicos e dermatologistas, temos a obrigação de ressaltar e elucidar melhor o assunto, uma vez que existem inúmeras pessoas que são portadoras da mesma.

Para se ter uma idéia, segundo o Centro de Controle e Prevenção de Doença (CDC), 47 milhões de americanos apresentam tal disfunção.

Esta síndrome é constituída de pelo menos três dos cinco ítens abaixo:

1. Circunferência da cintura maior que 94cm nos homens e maior que 80cm nas mulheres;
2. Triglicerídios maior que 150 mg/dl;
3. Níveis de colesterol HDL (o chamado “bom colesterol”) menor que 40 mg/dl nos homens e menor que 50 mg/dl nas mulheres;
4. Pressão arterial maior que 130/80 mm Hg;
5. Glicose em jejum elevada maior que 100 mg/dl, ou diabetes tipo 2 previamente diagnosticado.

Os pacientes com Síndrome Metabólica têm pelo menos um risco duas vezes maior de desenvolver a doença cardiovascular e cinco vezes maior de desenvolver diabetes.

Síndrome metabólica e obesidade abdominal

Um detalhe importante, que habitualmente acompanha a Síndrome Metabólica, é a obesidade abdominal. A circunferência abdominal está associada à gordura dentro do abdomen, que fica armazenada na cavidade abdominal, ao redor dos principais órgãos, e não no tecido subcutâneo.

Portanto, é extremamente necessário avaliar se há gordura dentro do abdomen, o que pode provocar disfunções mais graves para a saúde como, por exemplo, depósito de gordura no fígado, que poderá evoluir para esteatose e, posteriormente, cirrose hepática.

Lipoaspiração pode mascarar avaliação da saúde

Desta forma, vale lembrar que a simples lipoaspiração da gordura abdominal subcutânea, de finalidade puramente estética, não trará benefício à saúde para o indivíduo e ainda poderá mascarar um importante parâmetro de avaliação da saúde.

Portanto, fica o alerta quanto à importância de uma avaliação médica especializada de todos os parâmetros de saúde antes da realização de uma lipoaspiração de abdomen.

Fonte: Lancet, 2005.

Colaboração: Dr. Inácio FaverDermatologista Sócio Titular da SBD

E compartilhe!

Desenvolvido por Visana Comunicação