É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Realização: Barbosa Lima Dermatologia

Menu

Pesquisar

Depilação definitiva: livre-se da tortura da depilação com cera

Para aqueles pelos que insistem em crescer onde não deviam e para se acabar com o eterno sofrimento da depilação com cera, hoje já podemos lançar mão da depilação definitiva.

Os modernos aparelhos de laser ou de luz pulsada podem reduzir permanentemente o número de pelos e são uma boa opção de tratamento.

Continua logo abaixo!

Continuando…

Laser e luz pulsada para depilação definitiva

A luz pulsada não é um laser, mas também funciona utilizando a luz como energia de tratamento. O procedimento funciona melhor em pessoas de pele clara e pelo escuro, pois a luz é atraída pelo pigmento escuro, descarregando sua energia nas áreas pigmentadas e destruindo o folículo piloso.

Em pessoas de pele escura ou bronzeada, o uso da luz pulsada ou do laser pode resultar em manchas claras e em pessoas de pelos claros o resultado não será bom pois muitos pelos não serão atingidos.

Segurança com ponteiras resfriadas

O procedimento é simples, de fácil execução e seguro, se respeitadas as condições acima, principalmente nos aparelhos mais modernos, que utilizam ponteira resfriada para proteger a pele do calor provocado pela luz.

Entre os lasers, pode ser utilizado o laser de rubi, mas o laser de diodo é o mais utilizado devido à sua segurança para uso em pessoas morenas ou bronzeadas, sendo raras as ocorrências de manchas quando energias mais baixas são utilizadas.

Pele escura ou bronzeada = mais sessões e mais risco

Nas pessoas morenas ou bronzeadas, a energia usada terá que ser mais baixa e o tempo de exposição ao laser mais longo para se evitar o risco de queimaduras. Isso diminui a eficácia do método e exige maior número de sessões. O ideal é a pele não estar bronzeada para um melhor resultado.

Não acabou… Continua logo abaixo!



Continuando…

Os três tipos de aparelho citados acima são aprovados pelo FDA (órgão de controle de medicamentos dos EUA) para a depilação definitiva, ou seja, redução permanente do número de pelos.

Os pelos que não são eliminados, geralmente crescem mais lentamente, são mais finos e mais claros. Vale a pena lembrar que é necessário mais de uma sessão de laser (4 a 6) para a obtenção de resultados satisfatórios.

.

Publicado por: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista Titular da SBD
Site: www.barbosalima.com.br
Instagram: @dr.robertobarbosalima

.

Dr. Roberto Barbosa Lima

Coordenador do Dermatologia.net

Especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Saiba mais

O câncer de pele é curável

Procure o Dermatologista

Surgiu um sinal novo? Não perca tempo! O câncer de pele, quando tratado precocemente, pode ser curado.

Saiba mais

Desenvolvido por Visana Comunicação