Dermatologia OnlineDermatologia Online

Saúde e Beleza da pele
Publicidade
Siga-nos no Twitter Facebook
Enviar
Estética
Peeling de fenol pontuado para o tratamento de rugas estáticas

As técnicas de rejuvenescimento facial se aperfeiçoaram com os anos, estimuladas pela preocupação com a aparência física e pela maior longevidade. O peeling químico consiste na aplicação de agentes cáusticos à pele, produzindo uma destruição controlada da epiderme e sua reepitelização.

O peeling de fenol é considerado um importante agente no rejuvenescimento facial, mas a sua utilização implica em limitações, pelo seu grande potencial de efeitos colaterais e elevado índice de complicações. Aplicado à pele, o fenol induz a uma queimadura química que ao longo do tempo resulta no rejuvenescimento. A regeneração da pele inicia-se 48 horas após a aplicação e se completa em cerca de 7 a 10 dias.

Aplicação pontuada diminui o tempo de recuperação

Um trabalho apresentado no XXII Congresso da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica propõe uma técnica que consiste no uso tópico do peeling de fenol de forma pontuada sobre as rugas estáticas da face.

A aplicação pontuada do fenol mantém tecido não tratado em torno de cada ponto aplicado para acelerar a recuperação no pós-peeling, aumentar o perfil de segurança, dispensar sedação e diminuir a dor.

Utiliza-se um palito revestido com algodão embebido na substância, que resulta na formação de pequeninos pontos esbranquiçados ao longo da ruga. O agente é aplicado de modo a se obter a menor área de pele sã possível entre os pontos tratados, que evoluem para crostas e descamação total após 10 dias.

O tratamento deve ser feito apenas por médico treinado para o uso da técnica, em cerca de 5 sessões, com intervalo de 30 dias entre cada uma delas, todas em consultório e com técnicas assépticas.

Os resultados

No trabalho apresentado, uma paciente feminina de 60 anos, fototipo II de Fitzpatrick, foi submetida à sessão mensal de aplicação do peeling de fenol de forma pontuada apenas sobre as rugas estáticas da face, num total de 5 sessões. Foi realizada biópsia de uma das rugas tratadas antes do procedimento e 30 dias após a última sessão, para comprovação dos resultados ao microscópio.

Após 5 sessões, notou-se diminuição da profundidade das rugas estáticas da face nas regiões ao redor da boca e dos olhos, superficialização do sulco nasogeniano, melhora da textura geral da pele e do contorno labial. Os achados clínicos foram confirmados pela presença de alterações estruturais da pele, através da análise das biópsias.

Não houve complicações sistêmicas durante o procedimento ou em acompanhamento posterior, e a paciente referiu manter suas atividades diárias habituais.

Em conclusão, o peeling de fenol mostrou-se efetivo na atenuação das rugas estáticas da face quando aplicado de forma pontuada sobre as mesmas, com maior perfil de segurança e menor tempo de recuperação pós-peeling.

Fonte: Boletim da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica nº 60

Veja também

Mais artigos sobre estética


Encontre um dermatologista



 

Publicidade

Quem somos | Termos de uso | Contato | Anuncie

Todos os direitos reservados © Dermatologia.net - desde 1996
É proibida a reprodução de fotos e textos sem a nossa autorização expressa.

 

 
Nossos parceiros