É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Clínica Barbosa Lima
Siga-nos:

Menu

Pesquisar

É verruga ou é ceratose?

ceratose seborreica

Ceratoses seborreicas

Muitas vezes, as lesões ásperas e elevadas que surgem na pele são confundidas com as verrugas. No entanto, em uma grande quantidade de casos elas são ceratoses.

As verrugas são mais comuns em crianças e adolescentes e têm origem viral (Papilomavírus humano – HPV). Devido a isso, podem se espalhar rapidamente ou crescer formando lesões de grande tamanho.

Nos adultos, são mais frequentes as ceratoses seborreicas e as ceratoses actínicas. As primeiras são devido a uma tendência pessoal e as últimas são decorrentes da exposição continuada da pele ao sol ao longo da vida em pessoas de pele clara.

Enquanto as ceratoses seborreicas não trazem implicações mais graves e causam apenas prejuízo estético, as ceratoses actínicas podem, em alguns casos, evoluir para um tipo de câncer da pele, o carcinoma espinocelular.

Quando tratar as verrugas e ceratoses

Devido à possibilidade de disseminação, as verrugas virais devem ser tratadas assim que forem percebidas. Quanto menores elas forem e menos disseminadas, mais fácil será a obtenção da cura.

As ceratoses seborreicas devem ser tratadas se apresentarem crescimento perceptível, se estiverem localizadas em áreas de atrito com as roupas ou acessórios, quando podem ferir e inflamar, ou, por motivos estéticos, já que, na maioria das vezes, são lesões escuras e que podem ter aspecto desagradável.

Já as ceratoses actínicas, devido à possibilidade, ainda que eventual, de transformação em câncer da pele, devem ser tratadas o quanto antes. Além disso, deixam a pele áspera e com aspecto envelhecido.

Como é feito o tratamento?

O tratamento vai depender do diagnóstico, do tamanho e da quantidade de lesões. Pode ser realizado através do uso de substâncias químicas (cauterização química), do congelamento com nitrogênio líquido (criocirurgia) ou até mesmo de cirurgia (eletrocoagulação, curetagem ou excisão e sutura).

Outras opções terapêuticas são o uso de imunomoduladores tópicos (imiquimod) para tratamento das verrugas virais e ceratoses actínicas e a terapia fotodinâmica para estas últimas.

Quanto mais cedo for feito o diagnóstico e, consequentemente, menores e em menor número forem as lesões, mais fácil será o tratamento. Por isso, procure o dermatologista se você suspeita de ter ceratoses ou verrugas na sua pele.

 

Colaboração: Dr. Roberto Barbosa LimaDermatologista Sócio Titular da SBD

E compartilhe!

Desenvolvido por Visana Comunicação