É fácil prevenir-se contra o câncer de pele. Saiba como clicando aqui!

Realização: Barbosa Lima Dermatologia

Menu

Pesquisar

Margens de segurança na cirurgia do câncer de pele

Na cirurgia para o tratamento do câncer de pele, o principal objetivo é remover completamente o tumor e para que isso possa ser conseguido, é necessário retirar margens de segurança de pele saudável ao redor e abaixo da lesão.

Antes de retirar o tumor, o cirurgião desenha na pele uma faixa de pele saudável ao redor da lesão, que também será retirada. A extensão dessa faixa vai depender do tipo de câncer de pele e também da localização da lesão.

margens de segurança
Marcação das margens de segurança antes da cirurgia

Após a retirada da lesão tumoral, incluindo as margens de segurança, a peça é examinada no microscópio para confirmar se estas margens estão mesmo livres de doença, o que aumenta muito a chance de cura.

Caso o exame mostre que ainda existe células tumorais atingindo o limite da peça cirúrgica que foi removida, será necessário realizar o aumento das margens, até que estas se apresentem livres de doença.

É importante saber que, mesmo quando o exame indica margens de segurança livres de tumor, ainda assim existe a possibilidade da lesão voltar a aparecer no local. Isso pode ocorrer em cerca de 10% dos casos.

Dermatoscopia auxilia a marcar margens de segurança

No entanto, nem sempre é fácil dizer até onde a lesão tumoral se estende para que se possa definir as margens de segurança que serão adicionadas, pois alguns tumores são mal delimitados.

Nesses casos, o uso da DERMATOSCOPIA, exame que permite perceber detalhes não visíveis a olho nu, é de grande utilidade, pois ajuda a definir com maior precisão os limites tumorais.

Isso aumenta a chance de se obter margens de segurança livres de neoplasia e ajuda a poupar pele saudável, diminuindo a extensão da cirurgia e cicatrizes desnecessárias.

Essa medida é especialmente importante quando se trata de locais nobres como a face, a localização mais frequente para o surgimento dos cânceres de pele.

Não se esqueça de que, quanto mais cedo for diagnosticado o câncer de pele, maior a possibilidade de cura.

Portanto, se surgiu uma nova lesão na sua pele ou se alguma antiga está se modificando, procure o seu dermatologista!

.

Publicado por: Dr. Roberto Barbosa Lima – Dermatologista Titular da SBD
Site da clínica: www.barbosalima.com.br
Instagram: @dr.robertobarbosalima

.

Dr. Roberto Barbosa Lima

Coordenador do Dermatologia.net

Especialista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Saiba mais

O câncer de pele é curável

Procure o Dermatologista

Surgiu um sinal novo? Não perca tempo! O câncer de pele, quando tratado precocemente, pode ser curado.

Saiba mais

Desenvolvido por Visana Comunicação